Camisinha feminina é mais eficaz?

0

Os métodos contraceptivos são cada vez mais importantes não somente para evitar uma gravidez indesejada.

Também ajudam a evitar o contágio de doenças sexualmente transmissíveis, além de melhorar o ciclo menstrual e a tensão pré-menstrual (TPM), no caso das mulheres. 

Não tão debatida quanto a camisinha masculina, mas igualmente importante, a camisinha feminina não é tão conhecida. Quando usada, ela pode garantir ainda mais que a mulher não tenha nenhuma surpresa. 

Como ela não é tão popular, surgem muitas dúvidas, principalmente em relação a sua eficácia a. Confira neste artigo mais informações sobre o assunto, comprovando a maior eficácia da camisinha feminina. 

O que é camisinha? 

A camisinha é uma capa de borracha, feita geralmente de látex. O mais comum é ela ser colocada sobre o pênis para a realização de atividades sexuais.

O contraceptivo masculino evita tanto uma gravidez indesejada quanto a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis. 

Já a camisinha feminina tende a ser feita de materiais como poliuretano, sendo inserida do canal da vagina para fora, evitando que o sêmen passe para o útero. 

Formas de evitar a gravidez 

A camisinha foi o primeiro método criado para evitar a gravidez, fora a “tabelinha”. Com o passar do tempo, foram sendo encontrados mais benefícios em usá-la, assim como outras formas de não engravidar. 

O principal método e o mais indicado até hoje continua sendo a camisinha, tanto a masculina quanto a feminina. Além disso, há contraceptivos, como a pílula anticoncepcional, os anticoncepcionais injetáveis e o DIU. 

Em muitos casos, o uso da camisinha ainda é indispensável, principalmente para pessoas que possuem vários parceiros sexuais. Além disso, a pílula do dia seguinte também é muito usada como uma forma de evitar a gravidez. 

Como evitar doenças contraceptivas 

A melhor forma de evitar doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS, é fazendo o uso de camisinha quando se relacionar sexualmente com alguém. 

As pílulas anticoncepcionais contribuem para evitar a gravidez e ainda podem amenizar a TPM, mas não são eficazes contra doenças. 

Sendo assim, o único método capaz de evitar esse tipo de enfermidade é usando a camisinha. O uso pode ser feito tanto pelo homem quanto pela mulher. 

Você também pode fazer exames regularmente para garantir que não pegou nenhuma doença e informar ao seu parceiro.

Esta é uma forma de deixar ambos tranquilos e, quem sabe, dispensar o uso da camisinha, apesar de não ser o mais indicado. 

Há diferentes tipos de camisinha feminina? 

Existe somente um tipo de camisinha feminina e ela é de uso interno. Há, entretanto, vários modelos no mercado. Eles contam com um anel flexível nas duas extremidades, sendo que um deles precisa ficar dentro da vagina. 

A função do anel interno é segurar a camisinha internamente, enquanto que o anel externo impedirá que a camisinha seja empurrada para dentro da vagina. 

É necessário prática para usar a camisinha feminina, afinal a própria mulher deve inseri-la dentro da vagina até oito horas antes da relação sexual e retirá-la imediatamente após a ejaculação masculina. 

Por que usar a camisinha feminina? 

O preservativo feminino pode ser uma boa opção para as mulheres ou até mesmo homens que sejam alérgicos ao látex, material que é confeccionado as camisinhas masculinas. 

Além disso, esse tipo de camisinha pode ser usado com qualquer lubrificante, diferentemente dos preservativos de látex. Outro fator que pode influenciar no uso desse contraceptivo feminino é que para usá-lo não é necessário ter nenhuma ereção. 

Após a ejaculação, para evitar que qualquer líquido escorra, basta torcer um pouco o anel externo para fazer uma vedação e, em seguida, retirá-la. Dessa forma, ficará limpa em poucos instantes. 

Vantagens e desvantagens da camisinha feminina 

Você já viu até aqui algumas vantagens em usar a camisinha feminina, mas elas não param por aí. Muitas pessoas já relataram ter o aumento do prazer sexual após passarem a usar a camisinha feminina. 

Quem faz uso deste preservativo tem total controle sobre sua vida sexual, podendo deixar a pessoa mais tranquila e relaxada para se dedicar ao momento. 

O sexo também pode ser mais prazeroso com a camisinha feminina e ainda mais divertido por causa do próprio lubrificante que ele já possui. 

Os anéis do preservativo também podem ser responsáveis por aumentar o prazer, principalmente o externo, pois ajuda a estimular o clitóris, sem falar no estímulo que pode acontecer na parte interna da vagina. 

Mesmo assim, a camisinha feminina também conta com algumas desvantagens: 

  • Exige mais prática para ser colocada, evitando que machuque a parte interna da vagina; 
  • É mais barulhenta, sendo comum sons inesperados;
  • Necessário colocá-la pelo menos 20 minutos antes de iniciar a relação; 
  • Não é tão eficaz quanto a camisinha masculina para evitar uma gravidez. 

Diferenças da camisinha masculina 

Há algumas diferenças entre a camisinha masculina e a feminina. A primeira é que a camisinha feminina pode ser colocada antes da relação iniciar, sem precisar dar uma pausa nas preliminares para colocá-la.

É ainda um preservativo interno e que pode conceder mais prazer na hora do sexo, mas isso varia de cada pessoa. Há diferença também no material em que é confeccionado, não causando nenhum tipo de alergia. 

Por que a camisinha feminina é mais eficaz? 

A camisinha feminina pode ser mais eficaz para evitar a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, assim como para aumentar o prazer e deixar a mulher mais relaxada e entregue ao momento. 

No entanto, ela não é mais eficaz do que a camisinha masculina para evitar uma gravidez indesejada. Dessa forma, converse com o seu parceiro para que juntos cheguem à melhor conclusão.  

Onde comprar camisinha feminina 

A camisinha feminina, assim como a masculina, pode ser encontrada nas farmácias e postos de saúde do país inteiro. Basta você ir até os mais próximos e fazer um pedido de camisinhas femininas. 

Qual o preço da camisinha feminina 

O preço da camisinha feminina fica na mesma média da camisinha masculina, variando conforme o modelo e a própria marca. De modo geral, você pode encontrar o preservativo feminino custando, em média, R$19,90. 

Quem pode usar camisinha feminina? 

A camisinha feminina pode ser usada por todas as pessoas que possuam vagina. 

Cuidados com a camisinha feminina 

É preciso ter certo cuidado para colocar a camisinha feminina, principalmente nas primeiras vezes.

Pode ser um pouco mais complicado do que o preservativo masculino, sendo necessário ter uma atenção redobrada para não machucar a parte interna da vagina. 

Como colocar a camisinha feminina 

Entender como se usa a camisinha feminina é fundamental para todas as pessoas que desejam começar a usá-la em suas relações sexuais.

Ela deve ser colocada antes da vagina ter contato com o pênis e pode ser usada inclusive durante a menstruação. 

Segure a camisinha com os dedos de uma das mãos, deixando o anel da parte de dentro da camisinha no formato de um oito. A parte interna deve ser introduzida na vagina pela mulher, na melhor posição encontrada. 

Em seguida, é preciso arrumar a camisinha dentro da vagina, verificando se ela não está torcida. O anel que ficar para fora deve cobrir toda a entrada vaginal e também a vulva.

Aproveite este momento todo seu para ter mais proteção e prazer com o seu parceiro. Quer saber mais? Descubra cinco tipos que lubricantes para apimentar a sua relação sexual.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.